domingo, septiembre 30, 2007

A morte é unha puta

Hai pouco tempo, o escritor portugués António Lobo Antunes sorprendeu os seus paisanos contándolles que tiña cancro no intestino. Agora, xa operado con éxito, nunha entrevista que lle fixo Joao Céu e Silva, con fotos de Nuno Fox, e que publica hoxe Diario de Noticias, responde así a pregunta de se está a loitar contra a morte a pesar dela estar sempre presente nos seus libros: "É inútil porque a morte é uma puta - desculpem o palavrão mas é a única palavra que encontro. Quando o meu pai morreu, o padre que foi rezar a missa disse que detestava aquilo porque nós não fomos feitos para a morte. De facto não fomos... Há pessoas de quem gostávamos e que já não podemos tocar e ver e cuja morte foi tão injusta. Ainda no sábado fui a enterrar um camarada da guerra que morreu num acidente de automóvel. Foi muito comovente ver aqueles homens duros, que fizeram a guerra, a chorar como crianças. Eu chorei também, gostava muito dele e agora quando nos reunirmos ele não vai lá estar. E não faz sentido que o Zé não esteja. Eu tenho que viver pelo meu pai, pelo Cardoso Pires, pelo Melo Antunes, estão dentro de mim até eu acabar."

4 comentarios:

apicultor dijo...

A morte, esa grandísima candonga, esa implacable e pútrida presenza, que nos fode, que nos destroza, que sempre pode con nós e cos nosos. Mil veces sexas arrenegada... inutilmente, amigos, inutilmente.

Anónimo dijo...

Antonio Lobo Antunes é un dos máis grandes escritores do noso tempo.

Almiral Mouchez

marcos valcarcel dijo...

Magnífica cita a de Lobo Antunes, sen dúbida.

freefun0616 dijo...

酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店經紀,
酒店打工經紀,
制服酒店工作,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
酒店經紀,

,